Como todo praticante de esportes radicais, sou cheio de cicatrizes e volta e meia estou com alguns inchados e ralados. Isso tudo faz parte de realizar essas atividades que tratam de superação, mas não se engane, esportes radicais são realizados sobre uma base muito solida de segurança.
Já percebeu que quanto mais experiente é o atleta, maior é a quantidade de itens de segurança? Isso tem um porque, com o tempo, tombos, quedas, ralados e ossos quebrados, acabamos aprendendo quais partes do corpo ficam mais vulneraveis e o quanto é importante protege-las.
Esportes radicais são potencialmente perigosos, e você pode ficar com sequelas irreversiveis ou até mesmo morrer em sua prática(sim, morrer), caso não siga corretamente as instruções de segurança.
Cada esporte tem a sua, e o foco nos procedimentos e equipamentos é imenso. Quando você faz um curso de A.S.L. para paraquedismo por exemplo, no curso de 5 dias, praticamente 3 são reservados para procedimentos de emergencia.
Segue alguma dicas para você que esta iniciando nesse mundo, ou até mesmo para quem já é radical:
    • Quando estiver iniciando o esporte, procure profissionais especializados e escolas autorizadas, se não existirem isso (o que é raro hoje em dia), procure pessoas experientes nele.
    • Treine sempre os procedimentos de segurança, você nunca sabe quando vai precisar deles, mas quando precisar, ele vai fazer muita diferença, pode acreditar.
    • Não economize nos itens, se um capacete meia boca custa 100 reais, mas um muito bom custa 200, guarde um pouco mais e compre o melhor, nem que demore mais para praticar o esporte, bons itens fazem a diferença também.
    • Compre tudo em lojas especializadas, e se não tiver marcas boas aqui, importe. Hoje em dia não é tão dificil fazer isso.

Para esportes especificos, posso dar algumas dicas do que conheço, e conforme for descobrindo mais, e os leitores me ajudando, vou publicando aqui.



Paraquedismo: Existem várias escolas autorizadas, com profissionais licenciados para o esporte. (voce pode encontra-los no site da www.cbpq.org.br/). Treine sempre os procedimentos de desconexão, é raro você usa-lo, mas não é necessário dizer o quanto isso é importante. Não ter o velame reserva nem é ponto de discussão.


Bike: Compre uma bike apropriada para sua categoria e não a use fora dela, ela é preparada para um tipo de situação, e colocando-a em outra, talvez não aconteçam coisas agradáveis, além de estraga-la e você perder um bom investimento. Para equipamentos, aconselho capacete, luvas, joelheiras e cotoveleiras, creio ser o minimo necessário.


Airsoft: Além dos procedimentos de segurança dadas pelo instrutor, óculos são fundamentais e luvas são importantes. Tirar os óculos fora da áreas de segura pode resultar em um tiro perdido no olho, e você não quer ficar cego de um dos olhos para sempre por causa de 10 segundos de falha.


Surf: Saber nadar é meio lógico, mas não custa reforçar, tente não surfar sozinho e acima de tudo respeite o mar, ele é bom ou mau, correto ou traiçoeiro, depende do que você mostrar a ele. Deixe sua prancha sempre em boas condições e um slive é sempre bem vindo.


Bungee Jumping: Nesse dou apenas um dica, faça com pessoal especializados e experiente, qualquer outra idéia é fora de cogitação.



Por enquanto é isso, aos poucos vamos incrementando essa categoria.


Lembre-se, existe diferença entre ser radical e ser burro. Assim como a diferença entre adrenalina e desespero. Faça o correto para não se arrepender talvez para toda vida.